Ato para retomada da construção de centro cultural mobiliza moradores e produtores culturais de Ceilândia

Ato para retomada da construção de centro cultural mobiliza moradores e produtores culturais de Ceilândia



Ceilândia é a cidade mais populosa do DF, potência em Cultura, apesar disso esse potencial muitas vezes não tem espaço para se desenvolver, a cidade de 45 anos não possui Centro Cultural, são mais de 600 mil habitantes reféns de equipamentos de cultura particulares, que são poucos na cidade. Se seguíssemos a meta 31 do Plano Nacional de Cultura, Ceilândia - DF, teria que ter em média de 4 a 10 tipos de centros culturais por 100 mil habitantes. Existe uma construção em andamento porém ela está parada a mais de 20 anos. Com o objetivo de impulsionar esse projeto, comunidade e coletivos da cidade se juntaram para a retomada da construção. Está circulando nas redes um abaixo assinado que irá somar forças pelo direito ao acesso à cultura, ele está disponível no link abaixo: https://www.abaixoassinado.org/abaixoassinados/38461 Além disso vai acontecer na cidade na próxima quinta, 23/11, uma reunião aberta que convida toda a comunidade para articular ações e pressionar órgãos competentes para o desenrolar da obra. O evento de mobilização está disponível no Facebook para confirmar presença basta acessar o link: https://www.facebook.com/events/136157950439219

Histórico
O Centro Cultural e Desportivo de Ceilândia foi projetado, entre as décadas de 70 e 80, a partir do diálogo entre a comunidade e os gestores da Administração de Regional de Ceilândia, contudo, a obra só foi reiniciada a partir de 1997, quando o Movimento Retomada pela Conclusão do Centro Cultural e Desportivo reuniu grupos culturais, comunidade e vários outros movimentos sociais da cidade, aprovando no “Orçamento Participativo” a conclusão da obra dos Blocos A – Pavilhão de Cursos e B – Biblioteca Carlos Drumond de Andrade, iniciada em 1986 e que se encontrava em situação de vulnerabilidade social. Hoje a obra continua incompleta e espera ser concluída. O Movimento Retomada convida a todas e todos em defesa de todo o complexo do Centro Cultural e Desportivo de Ceilândia para que (i) os Blocos A e B se mantenham como equipamentos culturais ligados, prioritariamente, à pasta da Cultura; (ii) seja substituído o nome da Estação do Metrô “Ceilândia Norte” para “Estação Centro Cultural e Desportivo de Ceilândia”; (iii) Construção dos Blocos “C” e “D” que será composto de um Cine-teatro, com capacidade para 400 espectadores; do Restaurante/bar; do Teatro de Arena; da Administração e do Arquivo da cidade; (iv) Construção da Praça da Juventude que substituiu o Ginásio de Esporte previsto no projeto original, o que beneficiará as escolas e a comunidade com mais espaços culturais, haja vista que a Ceilândia não tem cinema e nem teatro públicos. Neste sentido, o movimento acredita que a construção do Centro Cultural e Desportivo de Ceilândia contribuirá para o desenvolvimento social, cultural e econômico da cidade, bem como, por ser um direito da comunidade em ter seu equipamentos culturais.

Serviço
Ato para retomada da construção de centro cultural de Ceilândia.
Data: 23/11
Horário: 19h
Local: Programa Jovem de Expressão localizado na EQNM 18/20, Praça do Cidadão em Ceilândia Norte
Contato: Ailton (61) 981578180
.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *